Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

TRE-PE dá posse a dois novos desembargadores

 (Foto: Juliana Galvão/Divulgação)
Foto: Juliana Galvão/Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), realizou na manhã desta sexta-feira (14), a cerimônia de posse dos dois novos desembargadores da Corte, na sede do órgão, localizado às margens da Avenida Agamenon Magalhães, no bairro do Derby, no Recife. Em clima de cordialidade e celebração, foram empossados os magistrados Rogério Fialho como membro efetivo; e Edilson Nobre, como substituto, que participou do ato por meio de videoconferência.

Rogério Fialho assume a vaga aberta com a saída do desembargador federal Roberto Machado, cujo biênio se encerrou no início deste mês. Na mesma sessão, Edílson Nobre foi empossado como substituto na vaga destinada à Justiça Federal.

“É uma grande alegria e satisfação de todos os membros desta Côrte tê-los, mais uma vez aqui. […] Tanto vossa excelência, o desembargador Rogério Fialho, como o desembargador Edilson Nobre têm excelentes serviços prestados a esta Corte. […] Desejo muito sucesso na permanência dessa função eleitoral”, declarou o presidente do TRE-PE, desembargador André Guimarães, em discurso.

“É uma honra imensa tomar posse nesta Corte, agora, como membro efetivo. […] Completo em breve 30 anos de magistratura federal e é a primeira vez que integro como titular uma Corte eleitoral. […] Esta é uma Corte que se destaca no cenário nacional e isso redobra as nossas responsabilidades. […] Tenho certeza que aqui terei muito a aprender, principalmente neste tempo em que a tecnologia é altamente disruptiva. A cada dia, novas tecnologias vão surgindo, vão se sucedendo e desafiando cada vez mais a Justiça Eleitoral”, afirmou Rogério Fialho.

Em 2019, o TRE-PE recebeu um prêmio e foi considerado o melhor tribunal eleitoral do país. Em 2021, a Corte pernambucana comemorou o Selo Diamante, conquistado pela terceira vez consecutiva – o selo é a maior certificação concedida pelo Conselho Nacional de Justiça, e significa que o tribunal tem excelência em agilidade e transparência, por exemplo.

“Gostaria de dizer da minha felicidade de retornar aos quadros da Justiça Eleitoral de Pernambuco por tudo o que vem realizando e demonstrando a nível nacional. […] Prometo me empenhar para ficar à altura sempre do que esta Corte tem desempenhado”, pontuou Edilson Nobre.

Tanto Rogério Fialho quanto Edílson Nobre já atuaram na Justiça Eleitoral. Fialho estava como membro substituto do TRE-PE e atuou nas eleições de 2022 na comissão de Desembargadores Auxiliares, com atribuições para os processos de propaganda eleitoral. Nobre foi membro efetivo do TRE de Pernambuco, entre 2019 e 2020, e do TRE do Rio Grande do Norte, entre 1997 e 1999.

Leave a Comment