Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

‘Sei lidar com bandido’, diz Temer sobre Lula

Ex-presidente estaria irritado com petista após ter sido chamado de ‘golpista’ em discurso no Uruguai

FOTO: Tv Globo

Irritado com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por ter sido chamado de “golpista” durante um discurso no Uruguai, o ex-presidente Michel Temer (MDB) teria ameaçado “falar umas verdades” sobre o chefe do Executivo.

A fala foi revelada pela jornalista Dora Kramer, na CNN Brasil, nesta quinta-feira (26), que disse ter conversado com Temer após a repercussão da fala de Lula. Na conversa, o ex-presidente também teria chamado o petista de “bandido”.

“Ele [Lula] está irritando sobremaneira o ex-presidente Michel Temer, que é sempre uma pessoa contida. Conversei com ele ontem à noite e ele disse: eu não estou entendendo, mas vou dizer uma coisa: se ele continuar me provocando vou falar umas verdades. Já fui secretário de segurança e sei lidar com bandido”, relatou Dora.

‘Golpista Michel Temer’

O ex-presidente Michel Temer (MDB) se manifestou nesta quarta-feira (25), em uma rede social, depois de ter sido chamado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de “golpista” durante um evento no Uruguai.

Temer compartilhou uma foto em que conversa ao pé do ouvido com Lula e disse que o atual chefe do Executivo federal “parece insistir em manter os pés no palanque e os olhos no retrovisor, agora tentando reescrever a história por meio de narrativas ideológicas”.

No Uruguai para uma reunião bilateral com o presidente Luis Lacalle Pou, além de chamar Temer de “golpista”, Lula também disse que o emedebista e o sucessor, Jair Bolsonaro (PL) deixaram o país “semidestruído”.

“Estamos vivendo uma década diferente. Eu herdei um país semidestruído, quando deixamos a presidência, o Brasil era a sexta economia do mundo. Voltamos agora e o Brasil é a 13º economia do mundo. Isso é um desafio que não me deixa triste”, afirmou o petista, que completou:

“Significa que quase tudo que nós fizemos de benefício social em 13 anos de governo, foi destruído em seis anos. Ou melhor, em sete, três do golpista Michel Temer e quatro do governo Bolsonaro”, afirmou o presidente brasileiro.

Redação gazetaweb com Itatiaia

Leave a Comment