Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

SapceX quer lançar foguete mais poderoso da história nesta segunda

Empresa do bilionário Elon Musk projetou a nave Starship para transportar pessoas e carga em futuras missões à Lua e a Marte. Missão de teste, que não será tripulada, começa no Texas e termina no Oceano Pacífico

Divulgação/SpaceX

A SpaceX planeja realizar nesta segunda-feira (17) o primeiro voo orbital da Starship, a nave espacial mais poderosa da história. A empresa do bilionário Elon Musk projetou o veículo para transportar pessoas e carga em futuras missões à Lua e a Marte.

A missão de teste da Starship está marcada para as 9h (horário de Brasília), mas pode atrasar em até 2h30 por conta de uma janela já anunciada pela companhia. Se a tentativa desta segunda for adiada, o lançamento deverá ser remarcado ainda para esta semana.

A expectativa é de que o voo dure cerca de 1h30. Ele começa na Starbase, base da SpaceX em Boca Chica, no sul do Texas, e termina no Oceano Pacífico, em algum ponto próximo à costa do Havaí. A missão não será tripulada.

A Nasa, agência espacial americana, já anunciou que usará a Starship para levar astronautas de volta à superfície da Lua na missão Artemis 3, prevista para o final de 2025. Para a Artemis 2, que irá à órbita lunar em 2024, a agência usará seu próprio veículo espacial, o Space Launch System (SLS).

Esta será a primeira vez que a nave faz um voo com sua configuração completa, incluindo o primeiro estágio, como é chamado o propulsor Super Heavy.

Em fevereiro, a empresa fez um teste de lançamento bem-sucedido de todos os 33 motores Raptor no primeiro estágio da Starship. O Super Heavy foi amarrado ao solo para evitar que realmente decolasse no experimento conhecido como lançamento estático.

Conheça a Starship

A Starship é uma nave reutilizável projetada pela SpaceX para levar passageiros e cargas ao espaço. O veículo tem cerca de 50 metros de altura e alcança 120 metros quando está integrado com o propulsor Super Heavy.

A nave é apontada como a mais poderosa da história porque, segundo a empresa, pode transportar até 150 toneladas, quando precisar ser reutilizada, e até 250 toneladas, se puder ser descartada após uma missão.

Assim como o Falcon 9, da SpaceX, o veículo espacial também foi feito para ser usado em mais de um voo. Mas, para esta missão, a companhia não tentará fazer um pouso vertical da nave, nem tentará recuperar o foguete.

Como será o voo?

O primeiro voo orbital da Starship não terá nenhum passageiro e vai durar cerca de 1h30. Ele pode ser considerado um voo orbital porque ultrapassará a Linha de Kárman, o limite de 100 km acima do nível do mar que é usado como convenção para definir a fronteira espacial .

A SpaceX já detalhou todas as etapas previstas para a missão. Elas poderão ser alteradas, mas, a princípio, estes serão os principais momentos:

0min55s: foguete atinge o “Max Q”, como é conhecido o pico de estresse mecânico;

2min52: os dois estágios (foguete e nave) se separam e, então, o foguete começa o procedimento para pousar na água, na região do Golfo do México;

2min57: motor da Starship é acionado;

9min20: motor da Starship é desligado e nave segue na órbita terrestre;

1h17min21: depois de dar uma volta no planeta, a nave deixa a órbita terrestre e começa a voltar para a atmosfera;

1h30: Starship pousa no Oceano Pacífico, próximo à costa do Havaí.

Por que a missão é importante?

Se for bem-sucedida, ela poderá abrir caminho para viagens espaciais mais longas. A SpaceX afirma que a nave poderá transportar até 100 pessoas em voos interplanetários e ajudar a criar uma base na Lua.

“Com um teste como este, o sucesso é medido por quanto podemos aprender, o que informará e melhorará a probabilidade de sucesso no futuro, à medida que a SpaceX avança rapidamente no desenvolvimento da Starship”, diz a empresa em seu site.

Onde a Starship será usada?

Além do voo da Nasa, há ao menos três missões de turismo planejadas para a Starship. Uma delas é a dearMoon, que será a primeira da SpaceX em torno da Lua. A viagem vai contar com o empresário japonês do ramo da moda Yusaku Maezawa e outros 10 artistas convidados por ele.

Em dezembro de 2021, Maezawa viajou a bordo da espaçonave russa Soyuz e ficou 12 dias na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

A SpaceX ainda tem uma segunda missão à Lua em que os primeiros passageiros confirmados são o empresário americano Dennis Tito e sua esposa, a investidora Akiko Tito. Em 2001, Dennis pagou US$ 20 milhões e virou o primeiro turista a visitar a Estação Espacial Internacional.

Antes destas duas missões, a SpaceX fará o que será o primeiro voo tripulado da Starship. A missão fará parte do programa Polaris e deverá levar o empresário Jared Isaacman, que já esteve em uma missão da empresa em 2021.

Como foram os outros testes da Starship?

Este será o primeiro voo orbital da Starship, mas a nave já realizou voos suborbitais. As missões de teste da nave começaram em 2019, mas o primeiro pouso com sucesso só aconteceu em maio de 2021. O veículo explodiu em quatro tentativas anteriores.

Segundo a SpaceX, os experimentos ajudaram a validar o projeto da espaçonave e foram úteis para demonstrar que ela consegue completar a fase de retorno à Terra e fazer o pouso vertical, o que permite a sua reutilização.

 

Redação g1

Leave a Comment