Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Pernambuco confirma mais dois casos de Cândida auris; total agora é de seis pessoas infectadas

Hospital do Tricentenário, em OlindaNa noite desta terça-feira (30), Pernambuco confirmou novos dois casos do superfungo Cândida auris no Estado. Com esses casos, chega a seis o número de infectados este ano. As duas pessoas infectadas são um homem de 51 anos e uma mulher de 70, ambos estavam internados em decorrência de outras doenças.

A mulher, internada no Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, admitida no dia 14 de maio, devido à presença de uma lesão infeccionada no pé, e já havia recebido alta hospitalar em 23 de maio. Ela foi testada para o fungo após ter contato com um caso positivo na unidade de saúde. O diagnóstico foi possível após a realização do swab de vigilância feito nesses casos.

Já o homem possui histórico de AVC e quadro convulsivo, com longo período de permanência hospitalar no Tricentenário, em Olinda, sendo admitido na unidade em outubro de 2016.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que este paciente possui quadro de alta clínica, porém segue hospitalizado devido ao seu contexto social.

Dos seis casos confirmados para o superfungo, dois já receberam altas hospitalares. Mesmo após a alta, o paciente deve permanecer colonizado por cerca de três a seis meses.

“No momento da saída da unidade, o paciente recebe um sumário de alta relatando o histórico clínico e o diagnóstico positivo. Neste caso, o paciente não precisa ficar isolado e pode realizar atividades regulares, seguindo as medidas de cuidado e prevenção de rotina, como higienização das mãos, higiene pessoal e limpeza adequada do ambiente utilizando hipoclorito de sódio. Caso seja necessário procurar um serviço de saúde, é preciso apresentar o documento de alta com o histórico clínico”, informou o Governo do Estado.

Leave a Comment