Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

“Não vou liderar nenhuma oposição”, diz Bolsonaro ao embarcar para o Brasil

Declaração foi dada em entrevista na noite desta quarta-feira; ex-presidente chegou ao país às 6h37

Bolsonaro embarca no Aeroporto de Orlando – Foto: Reprodução

Antes do embarque no Aeroporto Internacional de Orlando, o ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou que irá viajar pelo país, mas não irá liderar a oposição ao governo Lula (PT) no Brasil. A declaração foi dada, ao vivo, em entrevista à CNN Brasil.

— Não vou liderar nenhuma oposição. Vou participar com meu partido como uma pessoa experiente, com 28 anos de Câmara, quatro de presidente, dois de vereador e 15 de Exército. Para colaborar com aqueles que assim desejarem, sobre como a gente pode se apresentar para manter o que tiver que ser mantido e mudar o que tiver de ser mudado — disse Bolsonaro.

A fala do ex-presidente, no entanto, contraria a expectativa do PL. A sigla espera justamente que ele atue como principal cabo eleitoral da legenda nos próximos anos. Bolsonaro, inclusive, receberá um salário com nível de ministro no retorno ao Brasil. Na entrevista, o antigo chefe do Executivo também aproveitou para tecer críticas a Lula e elogiar a bancada da direita no Congresso Nacional.

— Temos hoje em dia uma direita que cada vez mais se aglutina, sabe o que quer, sabe o que deseja, tem um alvo, um objetivo, não é oposição irresponsável, oposição pela oposição(…) Não vou querer substituir os parlamentares [da oposição]. Eles é que vão nos dar o norte. Eu, no momento, sou um político sem mandato. Vou estar ao lado da nossa bancada. Acredito que a CPMI (dos atos terroristas do dia 8 de janeiro) saia — finalizou o ex-presidente.

Às 6h37 desta quinta-feira aterrissou em Brasília o avião da Gol que trouxe o ex-presidente, em voo comercial, após quase 3 meses nos EUA. Bolsonaro embarcou para a Flórida em dezembro passado, antes da posse de seu adversário, o presidente Lula.

Leave a Comment