Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Manoel Gomes, do hit ‘Caneta Azul’, acusa empresário de maus-tratos

Carlos Henrique Dias/g1

Cantor abriu boletim de ocorrência contra Leonardo Santana, um dos empresários, por estelionato em São Paulo

O cantor maranhense Manoel Gomes, conhecido pelo hit “Caneta Azul”, está acusando o empresário Leonardo Santana de um suposto desvio de dinheiro e estelionato. Manoel registrou um boletim de ocorrência contra ele por estelionato no 96ª Distrito Policial, na Zona Sul de São Paulo.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo informou que “o caso é investigado por meio de inquérito policial. Diligências seguem para esclarecer todas as circunstâncias relativas aos fatos. Detalhes serão preservados para garantir autonomia ao trabalho policial”.

A defesa de Manoel Gomes aponta uma suposta situação de maus-tratos durante uma viagem aos EUA em que o artista teria passado frio e fome. Na Justiça, uma ação cita Leonardo como “antigo empresário” do cantor, mas ele nega.

  • A carreira de Manoel Gomes já foi gerenciada por Joab Castro, antes do filho dele, Leonardo. Os dois se chamam “Joab”;
  • Após um período, Leonardo passou a representar o cantor em conjunto com um sócio.

Segundo informações obtidas pelo g1, entre as acusações, a defesa do cantor diz que Leonardo teria:

  • Realizado contratações e negociações sem o conhecimento de Manoel Gomes;
  • Os pagamentos de algumas das contratações do artista teriam sido repassados para a conta da mãe de Leonardo Santana sem justificativa;
  • Ausência de comunicação sobre os serviços e de prestação de contas;
  • Supostamente as redes sociais do artista teriam sido hackeadas. O caso foi comunicado à Polícia Civil de São Paulo por um boletim de ocorrência feito pela internet.

Em nota encaminhada ao g1, Leonardo afirma que a carreira de Manoel ainda é agenciada por ele e por Lineu Júnior.

Sobre mim, eu Leonardo passei apenas 2 meses como empresário único do Manoel Gomes e foi feita a prestação de contas com ele e na presença do advogado dele Manoel dias. Manoel Gomes viu a prestação de contas, concordou, assinou e ratificou em cartório.

No momento em que Lineu Júnior e Manoel Dias passaram a ser empresários do Manoel Gomes junto comigo, os dois, cresceram os olhos no rendimento que eu havia conseguido pro Manoel nos 2 meses com ele, e então os 2 se uniram para tentar me tirar do contrato e dividirem entre si a minha porcentagem. Como eles não tem nenhuma prova contra mim e nenhum processo foi aberto até agora, o que resta a eles é criar mentiras e manipular Manoel Gomes contra mim, sem me permitir se aproximar do Manoel para explicar a verdade. (Eles colocaram seguranças 24h para impedir minha aproximação do Manoel e reterem o telefone do Manoel).

O contrato em que eu, Leonardo, Lineu e Manoel Dias somos empresários do Manoel Gomes, está válido e só pode ser quebrado mediante decisão judicial e pagamento de multa contratual“.

Leave a Comment