Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Laudo médico aponta piora em quadro psiquiátrico de Anderson Torres

Ex-ministro apresentou queixas como sensação de angústia, nervosismo, insegurança e pensamentos ruins

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Um laudo médico sobre o estado de saúde mental do ex-ministro Anderson Torres apontou “piora significativa” de seu quadro psiquiátrico. O documento descreve, ainda, que o ex-ministro de Jair Bolsonaro tem sofrido crises de ansiedade seguidas e crises de choro.

O profissional da saúde que atendeu Torres afirmou que foram feitas “várias intervenções e ajustes de medicamentos com o intuito de reduzir consequências deletérias das crises”, mas que não houve resposta satisfatória. As informações são do jornal O Globo.

Torres passou a ter acompanhamento em 17 de janeiro, três dias após sua prisão por suposta omissão durante atos golpistas do 8 de janeiro, enquanto era secretário de Segurança do DF.

O laudo ainda relata algumas queixas apresentadas por Anderson Torres nos últimos meses, como sensação de angústia, nervosismo, insegurança e pensamentos ruins.

“Houve piora significativa do estado geral do paciente, com perda de peso, mais ou menos dez quilos, aumento da frequência e intensidade das crises de ansiedade seguidas de crises de choro e nervosismo intenso acompanhada de preocupação intensa em relação às suas filhas menores”.

Na quinta-feira (20), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes manteve a prisão preventiva de Anderson Torres no âmbito do inquérito que apura os atos de 8 de janeiro. Na decisão, Moraes afirmou que Torres omitiu acesso dos investigadores ao celular.

Metrópoles

Leave a Comment