Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Janja diz não ligar para críticas e lista 3 prioridades no governo

Janja

A futura primeira-dama, Rosângela Silva, a Janja, concedeu entrevista exclusiva ao programa Fantástico, da TV Globo. A conversa com as jornalistas Maju Coutinho e Poliana Abritta foi exibida neste domingo (13).

Janja, 56 anos, foi perguntada a respeito do seu “jeito atuante” e como lidou com a situação, uma vez que teria causado um incômodo em aliados do marido, o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Sinceramente, não me incomodei com isso. Porque a opinião que importava para mim nesse momento da campanha era do meu marido. Se era importante para ele eu estar fazendo algumas coisas e estar do lado dele. E eu trouxe para mim esse papel de cuidar mesmo dele, de preservá-lo, até de segurança”, disse Janja.

Na sequência, as jornalistas da TV Globo perguntaram se, na avaliação dela, as críticas teriam sido motivadas por machismo, ciúmes ou os 2.

“Acho que foi um pouquinho de cada um. Houve machismo porque talvez a figura do Lula por si só se bastasse e agora tem uma mulher do lado dele, não que complemente, mas que soma com ele em algumas coisas. Então hoje, acho importante olhar para ele, olha para ele e também está me vendo. Isso não acontecia antes, só olhava para ele. E hoje ele tem um complemento, é uma soma, que sou eu. E não é porque eu estou do lado dele, é porque eu sou essa pessoa, eu sou a pessoa que é propositiva, que não fica sentada, que vai e faz”, respondeu.

Janja também falou em “ressignificar o conteúdo do que é ser uma primeira-dama”. Afirmou que planeja trazer pautas importantes para as mulheres e que seu papel no futuro governo talvez Lula seja mais de “articulação com a sociedade civil”.

Ela listou 3 compromissos seus com o Brasil nos próximos anos:

  • combate ao racismo;
  • combate à violência contra a mulher;
  • garantir alimentação a todos.

Janja não citou propostas nem se aprofundou nos 3 temas citados.

Leave a Comment