Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Infraestrutura para 5G é liberada para novas cinco cidades pernambucanas

Autorização do Gaisipi começa a valer nesta terça-feira (2) (Tânia Rego/Agência Brasil)
Tânia Rego/Agência Brasil

Criado pelo Ministério das Comunicações (MCom), o Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi), liberou a instalação de infraestrutura para o 5G em mais cinco municípios pernambucanos. A partir desta terça-feira (02), o processo poderá ser iniciado nas cidades de Chã Grande, Vitória de Santo Antão, Condado, Itaquitinga e Tracunhaém.

No Nordeste, outros 17 municípios também poderão contar com a possibilidade de instalação da tecnologia, são eles: Baía Formosa, Senador Georgino Avelino, Tibau do Sul, Vila Flor, Baraúna, Grossos e Rio do Fogo, no Rio Grande do Norte, Anguera, Barra do Choça, Itanagra, Juazeiro e Santa Cruz Cabrália, na Bahia, Acarape e Forquilha, no Ceará, Bacurituba e Cajapió, no Maranhão, e Pau D’Arco do Piauí, no Piauí.

As autorizações seguem diretrizes do Edital do 5G e ocorrem quando concluída a migração da recepção do sinal de televisão aberta e gratuita por meio de antenas parabólicas na banda C satelital para a banda Ku. O edital do leilão também garantiu investimento das operadoras vencedoras para distribuição de kits para recepção aos brasileiros de baixa renda inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do Governo Federal.

Em todo o país, 964 municípios passam a ter a Faixa de 3,5 GHz liberada para implementar o serviço, beneficiando 131,5 milhões de brasileiros – 62% da população. O MCom estima que ao final deste semestre, cerca de 1,6 mil cidades já tenham sido liberadas para receber a infraestrutura da rede 5G.

“A liberação da faixa para o 5G e a implementação da tecnologia são fundamentais na promoção da inclusão digital dos cidadãos. Além de avançar na liberação da faixa, seguimos conversando com as operadoras para que elas possam oferecer este serviço com qualidade”, explicou o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

Em Pernambuco, de acordo com a Anatel, a liberação já foi realizada nos municípios do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Abreu e Lima, Araçoiaba, Goiana, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Moreno, São Lourenço da Mata, Caruaru, Petrolina e Tamandaré.

No entanto, o Ministério das Comunicações destaca que a liberação da faixa não implica na instalação imediata das redes do 5G nas localidades, pois, de acordo com o edital, os compromissos estão programados para vencer a partir de 2025. A instalação antecipada de estações do 5G nessas cidades depende do planejamento e interesse de cada prestadora.

 

Por: Diario de Pernambuco

Leave a Comment