Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Governo Lula tem dia de ‘revogaços’, posse de ministros, reuniões bilaterais e queda na Bolsa

Lula e ministros posam para foto oficial após posse neste domingo (31). — Foto: Ricardo Moraes/Reuters
Foto: Ricardo Moraes/Reuters

O dia após a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi marcado por “revogaços” de decretos da gestão de Jair Bolsonaro (PL), exonerações de servidores públicos, diversas cerimônias de transmissão de cargo de ministros, reuniões bilaterais e uma queda de 3,06% do índice Ibovespa.

‘Revogaços’

A edição desta segunda-feira (02) “Diário Oficial da União” trouxe a revogação de diversas medidas implementadas no governo de Bolsonaro.

Entre elas:

  • processos de privatização de oito estatais, entre as quais Petrobras e Correios, iniciados durante o governo de Bolsonaro;
  • série de normas que facilitavam e ampliavam o acesso da população a armas de fogo e munição;
  • na área da Educação, foi revogado um decreto que incentivou, em 2020, a criação de classes especializadas em escolas regulares e escolas próprias para pessoas com deficiência.

Exonerações

Nas edições regular e extra do “Diário Oficial da União” desta segunda também saíram centenas de exonerações e dispensas de servidores públicos federais. Ao todo, foram 952.

Transmissão de cargos

Ao longo do dia, ocorreram 19 cerimônias de transmissão de cargos de ministros. Nesta terça-feira (03), estão previstas mais oito solenidades.

O presidente Lula se reuniu com 10 chefes de Estado que participaram das cerimônias de posse. Presidentes da Argentina, Portugal e Bolívia foram algumas das autoridades recebidas. As reuniões começaram às 9h30 na sede do Ministério das Relações Exteriores e se estenderam até as 17h30.

Bolsa de valores

Investidores brasileiros reagiram às medidas econômicas do novo governo e, como consequência, o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores de São Paulo, fechou em forte queda nesta segunda, primeiro pregão do ano.

O Ibovespa encerrou o dia em queda de 3,06%, a 106.376 pontos.

As ações da ordinárias Petrobras tombaram 6,67%, enquanto as preferenciais caíram 6,45%. Já as ações do Banco do Brasil recuaram 4,23%.

Leave a Comment