Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Ex-juiz da Lava-Jato, Sergio Moro critica Lula nas redes por possível indicação de advogado ao STF

O senador Sergio Moro (União- PR), durante entrevista

Ex-juiz da Lava-Jato e atualmente senador pelo Paraná, Sergio Moro (União-PR) usou as redes sociais neste domingo para cobrar “impessoalidade” do presidente Lula (PT) em meio à possível indicação do advogado Cristiano Zanin a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Zanin, que defendeu Lula nos processos julgados por Moro, cujas sentenças foram posteriormente anuladas pelo STF, é tido como favorito à primeira vaga que se abrirá na Corte neste ano.

Como presidente da República, Lula deverá fazer a indicação e enviá-la para análise ao Senado, onde Moro poderá participar da sabatina e da votação pela aprovação ou rejeição do nome escolhido ao STF. A vaga na Corte será aberta com a aposentadoria compulsória do ministro Ricardo Lewandowski, que completa 75 anos em abril.

Em seu comentário nas redes, Moro citou outros casos envolvendo o governo Lula, como a possível mudança na lei das estatais, defendida por partidos da base no Congresso. Sobre a indicação ao STF, o ex-juiz e ex-ministro do governo Bolsonaro classificou Zanin como “advogado e amigo pessoal” do atual presidente.

“Onde está a impessoalidade? Como fica a independência das instituições? Estamos de olho”, escreveu o senador.

Leave a Comment