Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Elon Musk fica US$ 100 bilhões “mais pobre” este ano; e não é por causa do Twitter

Bilionário Elon Musk
Bilionário Elon Musk – Foto: Angela Weiss / AFP

Empresário segue como homem mais rico do mundo, com fortuna de US$ 169,8 bilhões. Só na segunda-feira (21), US$ 8,6 bilhões evaporaram do seu patrimônio

As perdas de Elon Musk em 2022 chegaram a US$ 100 bilhões, com as ações da Tesla caindo para o nível mais baixo em dois anos. Mas, mesmo depois de ver seu patrimônio líquido encolher US$ 8,6 bilhões na segunda-feira (21), o cofundador da fabricante de carros elétricos e agora dono do Twitter continua sendo a pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna de US$ 169,8 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index.

No total, Musk já perdeu US$ 100,5 bilhões este ano – a maior queda de qualquer um integrante do ranking de fortunas da Bloomberg– depois de atingir o pico de US$ 340 bilhões há pouco mais de um ano.

Na segunda-feira, as ações da Tesla caíram 6,8%, para US$ 167,87, nas negociações da bolsa de Nova York, a menor cotação desde novembro de 2020 – e, no ano, a queda chega a 52%. Isso se compara a uma queda de 29% no índice Nasdaq 100, que reúne as empresas de tecnologia.

A fabricante de carros elétricos compreende a maior parte da fortuna de Musk e está lutando com as crescentes restrições relacionadas à Covid na China, seu maior mercado fora dos Estados Unidos.

A empresa com sede em Austin, no Texas, anunciou recentemente um recall de mais de 300 mil carros devido a lanternas traseiras defeituosas, ao mesmo tempo em que lida com problemas na cadeia de suprimentos e custos crescentes de matéria-prima.

Musk, de 51 anos, também se preocupa com o Twitter, a rede de mídia social que adquiriu no mês passado por US$ 44 bilhões. A empresa perdeu cerca de 60% de sua força de trabalho desde que o bilionário assumiu o comando, com a última rodada de demissões ocorrendo esta semana, após uma debandada de engenheiros e equipe de tecnologia na semana passada – quando centenas de funcionários se recusaram a aceitar um ultimato do bilionário para que ou aceitassem um estilo de trabalho hardcore, ou fossem embora.

Os investidores têm questionado se o bilionário está se revezando muito entre seus vários empreendimentos de alto perfil.

A dependência que a fabricante de carros elétricos tem na figura de Musk é listada como um fator de risco em seus registros de segurança, destacando que “embora o Sr. Musk passe um tempo significativo com a Tesla e seja altamente ativo em nossa administração, ele não dedica todo o seu tempo e atenção à Tesla”.

Leave a Comment