Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Dois vereadores são presos por peculato, corrupção e fraude em Santa Terezinha, no Sertão

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu dois vereadores da cidade de Santa Terezinha, no Sertão, em uma operação de repressão qualificada, denominada Conluio. Os dois parlamentares foram presos pelos crimes de peculato, corrupção ativa e passiva e fraude à licitação.

Uma terceira pessoa, que não teve a identidade divulgada pela polícia, também foi presa durante o cumprimento dos mandados da operação. A polícia cumpriu também nove mandados de busca e apreensão domiciliar, todos expedidos pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de São José do Egito.

As investigações foram iniciadas em setembro 2021 para identificar e desarticular uma organização criminosa. De acordo com a Polícia Civil, os presos foram encaminhados para a delegacia de Afogados da Ingazeira.

Operação contou com 70 policiais no Sertão de Pernambuco — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foram empregados 70 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL), pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB/PCPE) e pelo Núcleo de Contabilidade Financeira e Investigações de Lavagem de Capitais (NILC/DRACCO).

A presidência da operação é do delegado Gregório Ribeiro, titular da 4ª Delegacia de Combate a Corrupção e ao Crime Organizado.

 

G1PE

Leave a Comment