Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Conselho Nacional de Previdência Social confirma teto dos juros do consignado no INSS em 1,97%

INSS, Previdência Social, aposentadoria — Foto: Pedro França/Agência Senado

O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) fixou nesta terça-feira em 1,97% a taxa de juros do consignado para beneficiários do INSS. A decisão foi tomada após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mediar um entendimento entre os ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e da Previdência Social, Carlos Lupi, conforme mostrou o Valor mais cedo. Para a modalidade via cartão de crédito, a taxa fixada foi de 2,89%.

O patamar de 1,97% fica entre o que desejavam os bancos — que levaram ao governo a proposta de teto de 2,01% — e a taxa de 1,70%, determinada na última reunião do CNPS e que inviabilizou parte das operações com o consignado.

Parte dos bancos brasileiros anunciou que vai retomar a concessão de empréstimos consignados para beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), depois que o teto de juros foi reposicionado em 1,97% ao mês.

A linha de crédito beneficia aposentados e pensionistas, e libera empréstimos com juros mais baixos tanto na modalidade convencional como para o cartão de crédito atrelado ao benefício social. O Bradesco, o Banco do Brasil, o Santander Brasil e o Banco PAN confirmaram a retomada das operações na modalidade.

Em nota, o PagBank Pagseguro também informou que os clientes poderão contratar os empréstimos consignados do INSS “diretamente pelo aplicativo”. Já o Itaú Unibanco afirmou que ainda avalia se voltará a conceder empréstimos da linha.

Valor

Leave a Comment