Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Cassado e inelegível: Marcelo Crivella terá que pagar multa de quase meio milhão de reais

Atualmente deputado federal, o bispo da Igreja Universal foi condenado pela Justiça eleitoral por esquema criado em 2020, quando era prefeito do Rio de Janeiro.

Marcelo Crivella
Marcelo Crivella Fábio Motta / Agência O Globo

O deputado federal Marcelo Crivella (Republicanos-RJ) foi condenado pela Justiça eleitoral por um esquema criado durante a sua administração como prefeito do Rio de Janeiro, conforme adiantado pela coluna do Ancelmo Gois. Em 2020, o bispo da Igreja Universal foi acusado de montar um esquema para impedir reportagens sobre o sistema de saúde do município.

Para isso, segundo a acusação, o então prefeito contava com servidores públicos municipais em desvio de função. Os agentes, que ficaram conhecidos como Guardiões do Crivella, vigiavam portas de unidades municipais para constranger e ameaçar jornalistas.

A juíza Márcia Capanema, da Justiça Eleitoral, determinou a cassação do mandato de deputado federal e a inelegibilidade do ex-prefeito nos oito anos subsequentes à eleição municipal de 2020. Além disso, Crivella terá que pagar uma multa de R$ 433.290.

Na sentença, a magistrada afirmou que a decisão tem “caráter pedagógico-preventivo” e também demonstra o repúdio à “conduta moral e ilegal perpetrada”.

Agência O Globo

Leave a Comment