Logo BCM.
Banner – Anuncie Aqui- 970×250 | CENSURA ZERO  

Atualizar CadÚnico é estratégia para o combate à fome, defendem ministros

 (Foto: Divulgação/Assessoria do Ministério da Igualdade Racial)
Foto: Divulgação/Assessoria do Ministério da Igualdade Racial
Em busca de ações efetivas para o combate à fome no Brasil, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, se reuniu, nesta segunda-feira (27/2), com o ministro do Desenvolvimento, Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias. Uma das medidas a serem tomadas para que a assistência chegue de maneira mais efetiva às populações que necessitam, segundo os ministros, é a atualização do Cadastro Único.

“É muito possível que façamos uma atualização do CadÚnico e podemos trabalhar em uma busca ativa para que as pessoas que mais precisam, como mulheres negras, quilombolas, indígenas e outras populações estejam adequadamente inseridas no CadÚnico”, disse Dias.

Anielle relembra a importância do recorte racial no combate à fome. “A gente sabe que não vai conseguir resolver tudo de uma vez, mas precisamos agir de forma que possamos atender a comunidade negra e periférica do Brasil, que é quem mais tem sofrido com a fome”, disse.

Dados da Rede Penssan demonstram que a população negra é 65% das pessoas em situação de insegurança alimentar no Brasil. A busca por políticas de combate à fome e assistência social é pauta de comum interesse dos dois ministérios.

Por: Taísa Medeiros – Correio Braziliense

Leave a Comment